Praça Nicolas Green
Info

Localização: Melicucco, Itália
Data: 1990-1995
Prémios:
Prémio “Piranesi” atribuido pela Slovene Academy of Sciencis and Arts. 1996
1º Prémio Nini Arcurid. Ordem dos Arquitectos de Reggio Calabria. Edição 1998

Cliente: Câmara Municipal de Melicucco

Autores
Fátima Fernandes e Michele Cannatà

Créditos Fotográficos
Franco Mileto
Luis Ferreira Alves

Texto

A transição para o domínio público de um recinto da propriedade da Escola Primária da pequena cidade de Melicucco e a demolição de uma ruína de propriedade da Câmara Municipal criaram as condições para construir um espaço urbano que pudesse representar com dignidade um lugar social de encontro, de descanso e de memória.
O programa previa o alargamento dos passeios, a realização de alguns espaços de lazer e de repouso e o arranjo da lápide em honra dos mortos da Grande Guerra e do Trabalho.
A escada pré-existente e um lajeado de pedra “lávica”, foram integrados como restos arqueológico de valor relativo a uma memória pública limitada por sucessivos terramotos. Estes elementos utilizados como elementos arquitectónicos de ligação da nova intervenção ao passado, permitiram que esta arquitectura funcionasse como contentor de memórias transmissíveis ao longo dos tempos.
Um muro de suporte da via urbana que fica à cota superior serviu de apoio à lápide comemorativa e de ensombramento aos utilizadores do banco e da fonte.
O desnível do solo foi usado para diferenciar as zonas de uso ao longo do percurso, permitindo uma utilização variada.
O “travertino” e o cimento moldado no local e tratado por lavagem da superfície foram os únicos materiais usados.