Aldeia do Mato
Info

Clube Náutico da Aldeia do Mato

Localização: Abrates, Portugal
Data: 2005
Prémios:
Menção Honrosa no Prémio Internacional de Arquitectura Sustentável, pela Faculdade de Arquitectura de Ferrara
Menção Honrosa no concurso Habitação Singular, pelo Consejo Superior de los Colégios de Arquitectos de España (CSCAE)

Cliente: Câmara Municipal de Abrantes

Autores
Fátima Fernandes e Michele Cannatà

Equipa
Riccardo Cannatà
Dário Cannatà
Marta Lemos
Isabella Fera
Miguel Meirinhos
Cristina Neves
Nuno Castro
Claúdia Amorim
Rui Serrano (Tagus – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior)

Fundações e Estruturas
Gop – João Maria Sobreira

Rede de Água e Esgotos
Gop – Raquel Fernandes

Instalações e Equipamentos Mecânicos
Get – Raul Bessa

Instalações Eléctricas
LIGHTPLAN – Fernando Silva

Créditos Fotográficos
Luís Ferreira Alves

Construtor
DST – Domingos da Silva Teixeira, S.A.

Texto

O projecto do Clube Náutico da Aldeia do Mato em Abrantes, é uma consequência de um processo de construção de dois protótipos com características de auto-suficiência energética.
Este módulo destina-se por excelência a ser instalado em lugares que não permitem alterações profundas em termos construtivos e ambientais, por exemplo nos parques naturais, onde a construção é contrária ao princípio do parque, em praças já realizadas, em praias, praticamente em zonas onde não é possível por vários motivos ter acesso a infra estruturas.
Cada módulo tem como base as dimensões de 3,00 largura por 9,00 cumprimento, com uma arear de 27m2. Esta estrutura pretende ser previamente elaborada não oferecendo qualquer trabalho no sítio onde vai ser instalada, devendo ser transportada por um camião ou helicóptero.
Cada módulo ou contentor além de dar resposta a novas formas de apropriação do espaço, pretende ser aberto à utilização de novos materiais ou tecnologias possibilitando maior controlo energético e utilizando as características de resistência e leveza que possam oferecer outros materiais.